Turistando: Buenos Aires



Olá, chicos e chicas! 

Dei a ideia pras meninas do blog de fazermos alguns guias com dicas de viagens de alguns lugares em que já estivemos. Como eu AMO viajar, já me prontifiquei a fazer o primeiro! hehehe
E pra começar, vou falar da capital da Argentina. Já estive por lá em duas oportunidades e só tenho boas lembranças das minhas passagens por terras hermanas.

Antes de mais nada, na segunda vez que estive lá (em novembro do ano passado), descobri que o governo disponibiliza Wi-Fi gratuito em alguns pontos principais da cidade, então dá pra se localizar bastante usando o Google Maps, o que me ajudou bastante. E os viciados em internet agradecem!

Sobre que moeda levar: Aconselho você a levar dinheiro em real. Em praticamente todo lugar eles aceitam, até nas feirinhas de artesanato. Nós levamos dólares e lá trocamos por pesos argentinos em casas de cambio oficiais e não foi um bom negócio.

Sobre a língua: O povo de modo geral arrisca um portunhol que dá pra entender tranquilamente, e além disso a maioria é bem disposto em ajudar.

Meio de transporte: Táxi lá é bem barato, vale a pena ir a lugares mais distantes de táxi, mas o metrô 
também é sossegado fora dos horários de pico. Dependendo do hotel que você for ficar, se for próximo ao centro (na avenida Nove de Julho ou na Av Corrientes) dá pra passar por vários pontos turísticos à pé.

Agora, senta que lá vem história! Ready?

Sobre onde visitar:

- É possível ir ao Obelisco e ao Teatro Colón, que são bem próximos, e de lá ir conhecer a Casa Rosada. Bem do lado dela tem a feirinha de San Telmo, que acontece aos sábados e domingos numa rua enoooooooorme! Tem muito artesanato e lembrancinhas do tipo “Estive em Buenos Aires e lembrei de você”. É legal que lá dá pra ver as bandas que tocam tango na rua!!

- Se você for passar um sábado por lá, aconselho você ir conhecer também a Feirinha da Recoleta que só acontece nesse dia da semana. Também é de artesanatos e lembrancinhas, fica numa praça bem grande e à tarde sempre tem uma bandinha tocando no gramado e o pessoal fica sentado em volta, ouvindo. Mais pra cima, na praça mesmo, tem uma galeria onde fica o Hard Rock Café! É meio carinho, mas acho que super vale a visita.

- Um pouco pra cima dessa galeria tem uma igreja beeeem antiga e bonita até e ao lado fica o Cemitério da Recoleta, onde foi enterrada Evita Perón. Eu não consegui entrar, cheguei lá e já estava fechando, mas quem foi diz que é bonito. No próprio bairro da Recoleta tem bastante shoppings, bares e restaurantes, mas nada de mais. Obs.: Cerveja lá é caro, mas são muito boas.

- Para quem curte, tem o Zoo Lujan, um zoológico onde você pode tirar fotos com os bichos, como leões, tigres etc. Nós não fizemos esse passeio.

- Vá ao Café Tortoni se você curte prédios antigos e história. Dá pra almoçar, ou jantar, ou só tomar um café (ou vinho). O local é bem bonito, um dos meus locais preferidos da cidade. Ah! Tem alguns horários que dá pra pegar shows de tango lá também.

- Fui de metrô até os Bosques de Palermo, um bairro plano e bem bonito, cheios de parques dos dois lados de uma avenida beeeem comprida lá. Mas não tem muito o que fazer, além de admirar a bela caminhada rs Tem um planetário no meio do caminho, mas estava fechado na hora que chegamos (já era fim de tarde).

- Não pode deixar de ir ao Caminito, o bairro das casinhas coloridas! Tem muitos dançarinos e bandas de tango nas ruas e nos restaurantes de lá. Fica do lado do Bairro La Boca, onde está o La Bombonera, estádio de futebol do Boca Juniors, que também é outro passeio que eu adoro! Tem um museu dentro do estádio, parecido com o museu do futebol daqui de São Paulo, e você pode fazer um tour (pago) bem legal. Bom, pra mim que AMO futebol, é muito legal! Kkkk 

- Show de Tango: Fui as duas vezes no Señor Tango. Da primeira vez eu amei! Dessa segunda vez já foi menos legal, mas ainda assim é um espetáculo comparado aos da brodaway. Quando chegamos lá, um guia turístico (brasileiro, diga-se de passagem) comentou que o show do momento é o do Madero Tango, mas como nós já tínhamos reservado o Señor Tango pela internet, não fomos atrás de maiores informações desse novo.

- A Galeria Pacífico é um shopping que fica na rua Florida, próximo ao Obelisco – uns 20 minutos a pé. Também é um prédio antigo bonito. Eles conservam muito patrimônio histórico lá e eu adoro ver essas coisas... hehe

- Fizemos um passeio pelo Rio Tigre, que é bem legal! Tem algumas agências de turismo que oferecem esse passeio na rua Florida ou no hotel que vocês ficarem hospedados. Nossa estadia foi no Ibis Obelisco e lá mesmo eles conseguiram reservar pra nós. É um barco que passa pelo rio e seus afluentes e vai contando a história e mostrando as casas que ficam nas ilhas. É muito interessante a narração da guia, que fala português e inglês, além do castelhano. Depois do passeio, geralmente se pára numa outra cidadezinha no meio do caminho pra comprar artesanato e conhecer uma catedral bonita. Lá eu comprei o melhor alfajor que já comi na vida, e não é o da Havana kkkkk. A marca é La Recoleta, se eu não me engano.

- Almoce ou jante no Siga La Vaca! É a churrascaria mais famosa de lá, fica em Puerto Madero, e o custo/benefício compensa bem. Custa em média 60 reais, mas dá direito a todas as guarnições, saladas, carnes, bebidas (inclusive vinho!) e sobremesas. 

- Aliás, Puerto Madero é outro lugar delícia pra você passear. À beira do Rio de la Plata, há vários bares e restaurantes muito bons! Um pouco mais caros, mas é um dinheiro bem gasto! Lá está também a Ponte das Mulheres e um Navio-Museu. Paga-se 2 pesos pra entrar e conhecer. Ele foi usado até a segunda Guerra mundial e depois foi todo reformado pra virar museu.

- Por último, vá ao Parque de la Flor, que fica ao lado de uma universidade. Tem uma estrutura enorme em forma de flor, feita de alumínio e fica aberta enquanto há luz solar, ou seja, à noite ela se fecha. 

Nossa, esse post ficou enorme! Mas devo lembrar vocês que precisei de duas idas à cidade para conhecer tudo isso. Sabem, sinto falta de posts mais completos como este, que unam informações turísticas úteis com o sentimento que esses momentos nos proporcionam, e é essa a nossa proposta para vocês leitores!

Viajar nos completa, nos transforma, nos dá um choque de realidade e nos enriquece pela cultura. É ótimo para ampliar a visão e observar que há muito mais coisas além do nosso mundinho fechado.

Espero que tenham gostado!

Um beijo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Sem firulas © Layout criado por: Algodão Doce Design
imagem-logo