[Pausa Fashion] Pequeno dicionário da moda: Expressões

Já reparou que quando a gente começa a ter muito contato com algo específico (no meu caso, a moda), acaba colocando aquilo no nosso dia a dia, falando com gente que manja do mesmo assunto, lendo muito sobre o que está acontecendo ao nosso redor pra se manter sempre atualizado, e com isso acabamos incorporando novos termos ao nosso vocabulário? E aquilo se torna tão natural que, ao falar disso com outras pessoas, esquecemos que elas podem simplesmente não estar entendendo bulhufas do que estamos falando. hehe
Como tudo é muito dinâmico e muda rapidamente, pensei em traduzir alguns desses termos para esclarecer as dúvidas que eventualmente possam pairar pelas cabecinhas de vocês. Prontos? Vamos lá!


“Isso é tão last season / so last season / demodê (do francês démodé)...” = Coisa da última estação, fora de moda, que já caiu em desuso. Peça que ninguém mais usa.

“Padronagem” = Estampa.

“ It “ = É usado para expressar o objeto mais desejado do momento (it bag, por exemplo, a bolsa do momento) ou indicar uma pessoa ícone, que virou referência por seu estilo (quando chamamos alguma blogueira ou famosa de it girl).

“Street Style” = Tradução literal: estilo/moda da rua. Ultimamente as ruas têm sido um termômetro fashion, e dá pra pegar como parâmetro pra saber o que realmente ficou das tendências, além de serem ótimas fontes de inspiração para criar (ou copiar) looks!

“Boyish” = Coisa com um quê de masculino, ou coisa de menino. Podem ser as peças femininas inspiradas nos guarda-roupas deles.

“Über” = Aquilo que é mais do que super, hiper, ultra, mega... é ÜBER! O mais mais do seu ramo.

“Fashionista” = Aquele(a) que é intimamente ligado(a) à moda, que segue tendências.

“Hot or not?” = Pergunta usada quando você quer saber se outra pessoa gosta ou não do que você está usando.

“Little black dress” = o famoso pretinho básico.

“Prêt-à-porter” = termo francês, significa pronto para usar. É a roupa que encontramos em shoppings, prontinhas para nós, consumidores. Não feito sob medida.

“Trendsetter” = Pessoa que gera tendência.

“Vintage” = Peças que tem uma 'pegada' antiga, de décadas passadas. Retrô. Releituras de modelos que foram sucesso e que voltam à cena atual.

“Hi-Lo” = abreviatura das palavras em inglês high e low. Expressão usada para identificar o estilo de 
misturar peças refinadas e grifadas com peças simples ou básicas de marcas populares.

“Folk” = Estilo que abrange peças de tecidos rústicos como camurça, tricô, jeans, misturados com estampas étnicas e muita franja.

“Estilo Boho ou Boho Chic” = Movimento fashion que junta a moda boêmia com o hippie e o vintage. As principais peças para compor um look nesse estilo são: saias longas, tops cropped, vestidinhos e macaquinhos, chapéus, acessórios do tipo maxi e estampas (principalmente floral). Os tecidos geralmente são leves e soltos. Nos pés geralmente contrasta-se a roupa leve com calçados pesados, como botas de cano baixo.

Bom, por hoje é só, caros alunos!
Prometo que farei outro post e trarei termos relacionados a corte das roupas, tecidos e padronagens.

Class dismissed!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo seu comentário e pela visita!

Se seu comentário for uma pergunta, pedimos que deixe um e-mail de contato, pois não conseguimos responder comentário anônimos!

Ju e Thata

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Sem firulas © Layout criado por: Algodão Doce Design
imagem-logo