9 Dicas para montar o enxoval do bebê



Quando fui pros Estados Unidos fazer o enxoval do Dudu não tinha quase comprado nada pra ele, só tinha alguns presentes que eu tinha ganho. Chegando lá fiz Aloka e comprei absolutamente de tudo pro moleque, roupas pra até dois anos. Coisas lindas, de ótima qualidade e muito baratas, mas com um probleminha: acabei comprando muitas roupas do mesmo tamanho e agora o menino tem tanta roupa que não dá conta de usar.

Minhas dicas vão pra você mamãe que não necessariamente precisa ir pra fora para fazer o enxoval, mas que com um pouco de bom senso (que não foi o meu caso) vai fazer um bom enxoval pro filhote sem exagerar nas compras.

Dica 1: Cuidado com a quantidade de roupas RN
No começo é difícil medir tamanho de roupa, mas depois que o bebê nascer você vai ver que roupas RN cabem por muito pouco tempo no bebê, pra alguns nem cabem. Por isso não tenha dó de comprar roupas tamanho P e nem que na maternidade o bebê pareça um pouco 'afogado' nas roupas, em poucas semanas estará servindo direitinho.

Dica 2: Fique atento à estação do ano
Imaginem só, eu concentrei minhas compras em roupas nos tamanhos para 6, 9 e 12 meses. Comprei coisas lindas, mas quando fui viajar era inverno nos Estados Unidos e a bobona aqui comprou um monte de roupas de inverno nesses tamanhos e daqui pra frente é só calor por aqui, certo? Resultado é que eu tenho bodies lindos mas todos de manga comprida. Vou ter que mandar reformar. A lição que fica é, quando for comprar roupas maiores pro bebê, faça as contas e veja em qual estação do ano que vai estar quando o bebê estiver na idade de usar a roupa.

Dica 3: Olho na quantidade de macacões
Essa é pra mães de meninos. Macacão é uma gracinha e super confortáveis, além de manter o bebê quentinho. Mas você vai perceber que a partir dos três meses, meninos não ficam tão lindos assim usando macacão, eles ficam lindos mesmo de calça e camisetinha com body por baixo. Não comprei muitos macacões, mas os mais podrinhos estou colocando pra usar e os outros mais lindos estou guardando, com etiqueta e tudo, uma dó. Se ele tiver um irmãozinho, beleza!

Dica 4: Preste atenção ao tamanho da etiqueta
Uma coisa que a vida me ensinou: Quando na etiqueta está marcado 6-9 meses, acredite nessa que vos fala: a roupa vai servir com 6 meses e não com 9. Me dei muito mal nessa achando que roupas 6-9 iam servir aos 7, 8 e a partir dos 9, mas não, com 6 já estão todas servindo e algumas até ficando apertadas. E aí a coisa agrava nos 6-12. Detalhe que o Dudu é alto pra idade dele mas não é gordinho, se fosse eu estaria perdida.

Dica 5: Preze pela praticidade na hora de lavar e passar
Antes do bebê nascer você lava todas as roupinhas na mão, com sabão de coco e amaciante especial. Depois passa tudo rigorosamente pelo lado certo e pelo avesso. Aí o bebê nasce e é tanta roupa suja que a máquina de lavar vira aliada. Por isso nada de roupas cheias de frescurinhas pra lavar. 100% Algodão é seu amigo, a maioria das manchas sai fácil e dá pra jogar na máquina numa boa usando o ciclo delicado. Claro que eu lavo as roupas dele separada e continuo usando o sabão especial (Baby Soft líquido de coco) e o amaciante também (Confort Baby ou Mon Bijou Baby) e só lavo na mão se a roupa estiver com manchas difíceis de remover. E lógico, continuo passando as roupas, mas não pelo avesso.

Dica 6: Separe as roupas legais das roupas de guerra
Parece óbvio, mas por mais que você sempre queira ver seu filho bem vestido, use um critério pra separar as roupas que ele vai usar em casa e as roupas de sair, principalmente quando ele começar a comer sólidos. As roupas ficam muito manchadas, algumas ficam imprestáveis mesmo. Se usar tudojuntoemisturado o bebê não vai ter roupas bacanas pra usar fora de casa.

Dica 7: Seu filho não é uma taturana
Dudu tem mais pares de sapato que o pai dele. E bebês não usam sapato. #Comolidar? Peço pra todo mundo que dá sapatos que compre números para usar com um ano ou até mais. Pense, dificilmente seu filho vai andar com menos de um ano e não sei vocês, mas Dudu ODEIA sapatos (só gosta de comê-los). Já perdi sapatinhos fofos que foram usados pouquíssimas vezes! Opte também por sapatos sem cadarço e de tecido bem molinho pra não machucar.

Dica 8: Bebê perde roupa mesmo, conforme-se
É isso mesmo, bebês perdem roupas num piscar de olhos! Não gaste os olhos da cara em roupinhas, pois quando menos se espera as roupas não servirão mais. Existem lojas de comércio popular ótimas com roupas de boa qualidade por preços muito legais (as dicas ficam para um próximo post). Roupas pra bater podem ser dessas lojas, sijogue nas camisetinhas, calças e bodies sem dó.

Dica 9: Aplique o desapego
Se for o caso de querer guardar uma roupinha mais especial, guarde sim, mas desepegue-se do que não serve mais. Doe para uma amiga, uma conhecida, uma igreja, venda se for o caso. O que não é bom pra você será muito útil pra outra pessoa.

Espero que tenham gostado das dicas. Faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço.

Tem dúvidas? Escreve pra mim!

5 comentários:

  1. Concordo com quase tudo, menos qto ao macacão, adoro usar no frio mesmo com o bebê maior, pq ele se mexe, a gente pega no colo e a blusa enrola toda, sobe. Acho que o macacão protege mais, especialmente com capuz

    ResponderExcluir
  2. Eu ODEIO mãe fresca - não é o seu caso - que só compra roupa de marca pra usar uma vez. É um desperdício. Meu primo é assim, só comprava roupas e MUITOS sapatos da Lilica Ripilica, pergunta se a nenê usou?

    É muito legal mas tem que ter controle. Acho que quando for mãe vou ser mais descolada (eu ACHO) hahahha

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Ótimas dicas, também acho que não se deve comprar um exagero de roupas RN, principalmente se for macacão com pézinho esses escapam muito rápido. Teve alguns que eu cortei o pé fora por que meu filho tava esticaaando muito rápido! ASDSAHDIS

    vou dar minha dica para as futuras mamães, não vão muito na conversa dos médicos quando dizem que seu nenem esta com tantos kg então ele ira nascer grande ou pequeno. Eu fui no embalo do médico que disse que meu filho ia nascer magrinho e preparei o enxoval com bastante roupas RN, resultado: meu filho nasceu com 4,055kg e 51cm! teve roupa que nem serviu! ¬¬

    fica a dica.
    beijos.

    ResponderExcluir
  4. Gozado! Falei disso HOJE no Twitter...ahahahhaha.
    Thata eu mereço um Oscar, pq comprei quantidades certas e pensei na estação do ano correspondente a idade do David.
    A unica coisa que tomei um susto foi com a idade marcada nas etiquetas que não bate com o real.u nào comprei nada, dica da vendedora do Blomindagles.
    RN e
    Beijos p ti e p o Dudu

    ResponderExcluir
  5. Adorei as dicas! Sou gestante, e tô sofrendo com esse negócio de enxoval de bebê... tamanho, quantidade, época do ano, calor ou frio, o que realmente usa e o que é sobressalente!
    Ufs... Outra coisa que queria acrescentar nas suas dicas, porque m deparei com esse dilema uns dias atrás, é que nem sempre o G é maior que o P... Juro!
    Como até as nossas roupas, o P de uma marca, varia monstruosamente para o P da outra marca.
    Comprei um body tamanho P, que tem exatamente a metade do tamanho de um macacão P de outra marca.
    E um macacão G da marca "A" que tem o mesmo tamanho do macacão P da marca "B"... um caso completo.
    Fica a dica de levar uma trena e medir, porque eu achei body P com 20cm de peito, e body P com 42cm de peito... fala se não é de desesperar, quando vc olha na sua lista e está 4 macacões tamanho P... Mas tamanho P qual? Gigantesco ou pequenininho?
    rsrsr

    Bjssss

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário e pela visita!

Se seu comentário for uma pergunta, pedimos que deixe um e-mail de contato, pois não conseguimos responder comentário anônimos!

Ju e Thata

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Sem firulas © Layout criado por: Algodão Doce Design
imagem-logo