Oceanos


Ontem, dia 8 de junho, foi o dia mundial dos oceanos...e esta é a minha homenagem...


O Dia Mundial dos Oceanos, foi criado na Conferência do Rio em 1992, ainda não foi oficializado pelas Nações Unidas, mas tem como objetivo chamar a atenção da sociedade para a sua importância no equilíbrio ecológico da terra e prestar-lhes um tributo.




Os oceanos ocupam mais de 70% do Planeta Terra e, talvez, por esse motivo, os tratemos com tanto descaso e despreocupação. Retiramos deles o alimento, com total falta de respeito e exacerbada irresponsabilidade. Extinguimos espécies, interfirimos em ecossitemas, assassinamos mamíferos e peixes para fins fúteis e desumanos. Poluimos suas águas, tantas vezes cristalinas. Derramamos óleo, tingindo suas águas com a cor da morte, pelo dinheiro...sempre o dinheiro...


Ainda assim, eles continuam a desempenhar suas funções, gerando vida, que gera a vida, que através dela captura nosso CO2...

Nós não sabemos, muito bem, como gerar e manter a vida, mas geramos demasiadamente CO2, mais até do que pode suportar o planeta. E não estamos satisfeitos: queremos mais!



E nesse dia: tenho mais outro pedido: Não ignore a vida, só porque você não a vê!

Não descarte o lixo em qualquer lugar, porque é no mar que ele vai chegar...é nos oceanos que ele vai parar... são as espécies de lá que ele vai assassinar...


Esse planeta já foi tão generoso conosco, nos presenteando com paisagens surreais de belezas infinitas...sejamos gratos e não agentes nefastos guiados pelo dinheiro, a serviço de uma escravidão social que impõe a ambiental!

Viva e deixe vivar! Não seja você, mais um cúmplice, dessas barbaridades, diariamente cometidas pela nossa mesquinha e imprudente espécie, contra todas as outras formas de vida, existentes nesse mesmo planeta!



Um minuto de silêncio:












 



E depois são elas: as assassinas!




Esta postagem também está no meu blog. E desta vez não foi a falta de tempo que justificou ela também estar aqui, mas sim a minha imensa preocupação com o que estamos fazendo com este planeta e com todas as outras espécies.

6 comentários:

  1. Vi lá e achei importante comentar aqui. São públicos diferentes, por isso, acho positivo alguns assuntos serem mesmo replicados aqui no sem firulas.

    Bela hpomenagem Mari. E vale lembrar que não conseguimos nos livrar do vórtice de lixo que já falaei aqui no sem firulas tb e não temos idéia do mal que fazemos aos oceanos.

    Fica a minha dica para que, num fim de semana desses, naveguem um pouco. A cena é desesperadora! Há muito tempo recolho o lixo do mar e hj é difícil o dia que volto para a marina com menos de 100 litros de podridão!

    Vamos ver até onde essa corda aguenta! Espero que mais do que a da consciência, que já arrebentou faz tempo! bjn...

    ResponderExcluir
  2. Ai que coisa mais querida! A minha Nina,7 meses, por hora só tá no xampu Jonhson e no sabonete Mamãe eBebê da Natura. Ela tem a pele ultra delicada e tudo dá dermatite, então nem pensar em usar perfume. Agora no inverno o pediatra prescreveu um hidratante, fisiogel, pra não queimar as bochechas. Bem simples. Ela também é super cabeluda. Bjos
    Roberta

    ResponderExcluir
  3. Jana - sempre agradecida por seus comentários que complementam extremamente bem as minhas postagens!

    ResponderExcluir
  4. Que lindo texto! Tenho tido surpresas muito agradáveis quando passo por aqui! Muito bom ver que nem só de maquiagem vive a mulher! Parabéns!

    ResponderExcluir
  5. Adorei o post! O portão da minha casa sai direto na areia da praia. Faz tempo que eu e um grupo de amigos nos juntamos pra limpar a praia toda segunda-feira de manhã. Os turistas deixam tanta nojeira que Deus me livre conhecer o lugar onde eles moram! Como caminhamos na praia todos os dias antes de ir trabalhar, decidimos transformar as caminhadas de segunda-fira em faxina. A praia fica limpinha! Beijo.

    ResponderExcluir
  6. Juliana - Muito obrigada, fico feliz em saber que conseguimos supreender você! E concordo plenamente: nem só de maquiagem vive a mulher. Sempre respeitarei e defenderei o direito de escolhas e de nos dedicarmos a futilidades, sejam elas quais forem...Mas é necessário que nos importemos com outras causas, com o que é válido, é real...na vida. bjos.

    Bianca - que boa surpresa ler seu comentário. Estou tão acostumada a falar sozinha sempre e na maioria das vezes nem ser ouvida que descobrir o que você está fazendo já me anima e revigora!! Parabéns pelo trabalho!

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário e pela visita!

Se seu comentário for uma pergunta, pedimos que deixe um e-mail de contato, pois não conseguimos responder comentário anônimos!

Ju e Thata

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Sem firulas © Layout criado por: Algodão Doce Design
imagem-logo