BOICOTE A RODEIO EM PRAIA GRANDE!

Mais um apelo...

Rodeio: Fique de fora você também!

Nos dias 1º a 4 de julho, na Vila Mirim, Praia Grande-SP, acontecerá o I Expoagro e Festa do Peão de Boiadeiro de Praia Grande, evento bastante contraditório para uma cidade praiana, que muito se esforça para produzir entretenimento para as massas, apenas nos meses de temporada, deixando esquecida a população que elege vereadores e prefeito no restante do ano.

O evento é um retrocesso e uma idéia de imensurável mau gosto. Rodeios vitimizam animais, para uma suposta diversão de milhares de pessoas em todo o Brasil. Uma indústria milionária que lucra exorbitantemente com o sofrimento desses animais e a ignorância e alienação das massas.

Se você se importa com os animais, se acredita que mais do que financiar eventos duvidosos como esse, a cidade que possue apenas uma biblioteca, deveria oferecer cultura e diversão para as pessoas que a habitam, o que inclui certamente, maiores incentivos para o surf e o skate, para o cenário musical e artístico independente e local e atividades que busquem conscientizar moradores e turistas sobre a importância da preservação das praias, sobre o valor da Mata Atlântica que nos rodeia e criar mecanismos que contribuam para o crescimento social e profissional destes tantos jovens que residem na cidade e querem muito mais do que apenas quatro dias de uma diversão fútil e inútil como esse evento.

Vale lembrar que se a banda, dupla ou cantor que você admira, realiza shows em rodeios, acho bastante pertinente você reavaliar a conduta e a ética dos seus ídolos. Nem só de refrões repetitivos vive um ser-humano.

Futilidades devem ser permitidas, sim, cada um sabe o que deve fazer com seu tempo livre, mas se essa futilidade ultrapassa o seu direito e causa sofrimento a qualquer outra pessoa ou animal, você também é culpado!

Se você mora, visita ou conhece quem frequente a cidade de Praia Grande-SP, divulgue essa postagem, seja contra esse evento e manifeste-se BOICOTANDO ESSE RODEIO. Há várias outras formas de se divertir, que não incluem maus tratos e crueldade com os animais. E mesmo que não seja você, montado em cima daqueles cavalos, touros ou bezerros...é o seu dinheiro que financia essa indústria escravocrata!


DIGA NÃO PARA OS RODEIOS! DIGA NÃO PARA O RODEIO EM PRAIA GRANDE!


Isso é o que acontece, enquanto fechamos os olhos e eles ganham dinheiro. E não me venham dizer que os animais não sofrem!


TORTURA NÃO É CULTURA

AMARRE SEUS TESTÍCULOS E SINTA A EMOÇÃO DOS RODEIOS

BOICOTE RODEIOS: OS ANIMAIS PERDEM TODAS AS VEZES




P.S.: Há rumores de que este rodeio tenha sido cancelado. Ainda assim há um evento agendado para outubro deste ano com o nome de I Festa do Peão de Boiadeiro de Praia Grande. E tenha o nome que tiver: eu também serei contra!



12 comentários:

  1. Apoiadíssimo!!!

    Crueldade não é cultura!!!

    ResponderExcluir
  2. Rodeio é coisa de cuzão!
    Boicotando sempre os rodeios e os "artistas" q tocam neles.

    ResponderExcluir
  3. Faz 6 anos que moro no interior de SP, aqui todo começo de julho tem rodeios..
    E por isto que estou indo passar estes dias em Natal/RN, quero sumir daqui. Mas infelizmente, o povo adora... curte demais !!

    Bjks e estou totalmente com vc.

    ResponderExcluir
  4. Peraí,não é bem assim"rodeio é coisa de cuzão",pô para!!
    Quem fala isso é por que só foi nessas porcarias de rodeio tipo Barretos e Praia Grande.Meus pais são gaúchos e eu cresci assistindo rodeio,mas rodeio de verdade,onde não tem essa de chinchar boi não,aqui o peão é quem sofre,tem que montar no animal em pelo,e tem que ser muito macho,por que não tem essa de usar espora,peão tem que subir no lombo do boi ou do cavalo só com a coragem.
    Convido voc~es prá assistirem um verdadeiro rodeio gaúcho.Infelizmente até mesmo esses rodeios estão acabando,e pelo jeito vão ficar só essas porcarias de cuzão,estilo Barretos.
    Ah,só prá deixar registrado,em rodeio gaúcho a música é tradicionalista,estilo telmo de Freitas,que fala das coisas da terra,sem essa de "festa de peão também do no meio",aqui a música é coisa linda mesmo de se ouvir!
    Fica o convite!!
    Beijos coloridos!!

    PS:PQP,parece que toda ves que entro aqui é prá polemizar,mas né não,eu juro,é só que tem horas que não dá prá ficar calada.
    Eu entrei li o texto e ia só dar meu apoio e tal,mas quando li'que rodeio é coisa de cuzão",minha adrenalina subiu e nunguntei,tive que falar.
    prometo,na próxima venho aqui,leio o post e nem vejo os coments!

    ResponderExcluir
  5. Bom, eu tb sou gaucha e ia comentar o mesmo da moça aí de cima: aqui no RS tem rodeio, mas ninguém amarra testículos de boi pra ele corcovear, nem usa esporas pra machucar. No tiro de laço, que consiste em laçar o boi enquanto ele corre, se a pessoa acertar ela solta o laço e o boi segue correndo, nada de cair no chão. Nas gineteadas, que é uma simulação de doma de cavalos, o ginete sobe no cavalo sem sela nem nada, segurando a crina e ganha quem ficar mais tempo, mas ninguém amarra nada nem se utiliza de nenhum meio pro cavalo corcovear. Rodeio aqui é tradição, é cultivar as raizes do nosso povo, que tem uma história muito grande de dependência e amor aos seus animais. Afinal, imaginem um gaúcho sem cavalo? Como dizia meu querido Antônio Augusto Fagundes: "Tu não morreste gaúcho, deixe que falem nomás! Deixe que o fraco de sempre, o fracassado, o vencido, tente te encerrar no olvido que o futuro le promete. E que te chamem de Odete, os desfibrados morais. No lombo do teu cavalo estás tão alto, tão alto, que a lama preta do asfalto não te alcançará jamais!"

    ResponderExcluir
  6. Apoio total à causa.
    Crueldade contra animais não deve ser admitida em nenhuma circunstância e uma cidade como Praia Grande que, assim como outras cidades litorâneas, deveria investir em outras atividades verdadeiramente culturais, que promovam a inteligência e não que estimulem a violência e os maus tratos.
    Marilia

    ResponderExcluir
  7. É lamentável que em pleno século XXI ainda entendamos diversão como os Romanos no Coliseu! Prova clara que o homem não evolui por completo. Há lapsos de evolução numa essência eternamente podre! Rousseau estava errado! Que tristeza!

    Aqui na cidade do RJ os rodeios são proibidos por lei. O que me deixa infinitamente orgulhosa de viver numa cidade cujos parlamentares, ainda que com todos os seus outros defeitos, proibiram essa crueldade inominável assim como também proibiram a carrocinha de cachorros!

    Passa pra mim a lista dos parlamentares da baixada santista Mari! Vamos fazer uma petition on line e vamos mandar um PL para eles!

    Quem é desumano dessa forma não pode receber guarida de suas condutas nefastas! Os decentes têm que se levantar! Eu te ajudo no que for preciso. Se for o caso, vou pessoalmente com vc levar o PL e as assinaturas - com 1 milhão delas conseguimos grande expressão. Podemos conseguir! Bjn...

    ResponderExcluir
  8. Miloca e Flavia: agradeço o apoio!

    Ariadne: infelizmente o interior é o berço dessa imbecilidade. Imagino para vc como deve ser. Por aqui, pretendemos criar um PL, nada fácil, já que o projeto favorável a esse evento é de um dos vereadores...mas a gente tem que tentar de qualquer jeito!

    ResponderExcluir
  9. Kah Silva e Bianca: acho legal o amor que vcs têm ao sul. Eu, pessoalmente, não sou ligada a tradições e particularmente contra a qualquer uma delas que envolvam animais. Por mais que vcs achem que é muito diferente o tratamento dado a estes animais no sul do país e no restante dos estados, eu sou contra a qualquer tipo de evento que coloque os animais como centro das atrações. Os animais de circo, por exemplo, em suas exibições, nem sempre revelam o que acontece nos bastidores do espetáculo. Não creio que os animais existam para nos divertir, em espetáculos duvidosos, nem nos servir para qualquer razão, a fim de minimizar nossos esforços. Porque amar um cavalo que lhe garante faciliades é bem simples e conveniente. Também não acredito que a força de um homem deva ser medida através de sua dominação em relação a um animal, aliás acho justamente o contrário: a força do homem deveria ser avaliada de acordo com a generosidade que ele dedica aos animais ( e ao restante das pessoas tb). Sou sempre a favor da libertação dos animais e contra qualquer comércio ou evento que os escraviza em nome do dinheiro. Devemos valorizar os talentos humanos, lotar espetáculos que revelem esses talentos e não manter tradições que usam animais, mas não acrescentam absolutamente nada de novo ou válido. Enfim...é a minha opinião e eu sozinha não posso mudar o cenário mundial de descaso e valorização ao sofrimento de tantos animais, cujo erro foi ter nascido num planeta onde a espécie racional é tão involuída.

    ResponderExcluir
  10. Marília - Pois é! Serei contra a qualquer rodeio, em qq lugar, como tb serei contrária a farra do boi, as touradas e qualquer tipo de idiotice desse nível. Mas relacionar esse evento com uma cidade praiana é quase uma piada. Aqui não criamos gado, há uma lei que inclusive proibe a criação de animais de grande porte, é contraditório aceitar e realizar um evento como esse. Principamente porque não expressa a nossa realidade, vai servir apenas para rechear cofres e bolsos públicos e não vai acrescentar nada de novo e bom para a cidade, que vive suas festas apenas nas temporadas. Eu realmente, preferia a inauguração de uma biblioteca, ficaria bem mais feliz e muito mais empolgada. Mas o que tiver ao meu alcanse eu vou fazer para que esse rodeio não saia do papel!

    ResponderExcluir
  11. Jafa - que ajuda mega bem-vinda. Muitas pessoas por aqui estão enviando e-mails a todos os vereadores, mas sabemos que conseguir milhares de assinaturas dessa maneira é quase impossível, pq ninguém quer ter trabalho. Queria fazer uma petição, dessas que fazem as grandes ongs, cuja assinatura das pessoas seja automaticamente enviada com uma carta de repúdio a este evento, simultaneamente a todos os vereadores, mas não sei como fazer. Estamos tentando organizar uma manifestação na Câmara dos Vereadores tb. Semana que vem vou até o gabinete de um dos vereadores para pedir ajuda e saber como andam as coisas por lá. De definitivo por enqto só o adiamento do rodeio para agosto, por causa da licença da prefeitura, que felizmente não saiu, pq a empresa não apresentou os documetos necessários (qto profissionalismo), o que nos vai dar tempo de reagir. Vc não imagina como é bom para mim receber seu apoio e auxílio. Sempre agradecida, de coração!Vou enviar a lista dos vereadores para seu e-mail.beijos

    ResponderExcluir
  12. Mari... outra coisa tb... alguém já foi ao Ministério Público? Não sei exatamente que razões contundentes eles teriam para se interessar pelo caso, mas por ser o meio ambiente (no qual se inserem os animais) bens difusos constitucionalmente garantidos, se MP se interessar, pode entrar com uma ação civil pública contra a realização do evento. Isso tb pode ser feito por meio da Defensoria Pública representando um grupo. Verifique se há DP aí na baixada. Não conheço bem a justiça do Estado de São Paulo. Sei que até bem pouco tempo anda não havia Defensoria Pública por aí (por incrível que pareça) mas creio que essa pecha já tenha sido superada. De qq forma, MP eu tenho certeza que pode se interessar desde que haja bons fundamentos, de preferência pautados na lei 9605/98 que ainda não conseguimos destruir por completo. O art. 32 pode ser evocado, sem dúvida, por conta da crueldade contra animais, mas costuma ser meio "piegas" falar de crueldade em rodeios na República das Bananas. No entanto, se houver alguma irregularidade relacionada ao impacto ambiental que o evento pode causar, não será difícil conseguir apreciaçnao de um pedido liminar na própria ação, o que poderia suspnder o evento até o final do processo, que bem sabemos, pode levar anos! Bjn...

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário e pela visita!

Se seu comentário for uma pergunta, pedimos que deixe um e-mail de contato, pois não conseguimos responder comentário anônimos!

Ju e Thata

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Sem firulas © Layout criado por: Algodão Doce Design
imagem-logo