Beleza é fundamental...

Olá meninas... Espero que tenham tido uma boa semana...

Hoje vou falar um pouquinho sobre beleza. SIM eu também sei falar sobre isso! Só que a meu modo, é bem verdade.

Estou num dia de folga em plena sexta-feira, o que é muito bom porque tenho o mundo inteiro funcionando para que eu possa usufruir e dado que passo meus sábados inteiros em aula, perco muito dos serviços oferecidos em dias e horários comerciais.

Daqui a pouco vou ao cabelereiro e, como todas as vezes, levarei a minha frasqueira com TODOS os produtos que serão usados.

Hoje já não tenho mais que explicar "porques", pois há anos é o Junior Crispim quem cuida do meu cabelo e ele já está careca de saber que não uso produtos testados em animais, mas sempre percebo os olhares de curiosidade de outras "pacientes" dele.

No meu caso, especificamente, tenho fios em tom louro acinzentado e faço balaiage há varios anos, pois acho que tons mais claros e acobreados juntos e tendo como fundo o tom natural do meu cabelo iluminam mais o meu rosto e tudo fica mais harmônico.

Há tempos cheguei a uma linha de produtos cruelty free que me ajudam bastante e cuja qualidade é excelente e, em todas as vezes que comparei, superior aos produtos dos torturadores.

Lavo os cabelos normalmente em dias alternados e nesses dias, uso shampoo de uso diário. Gosto especialemnte de três shampoos: O de proteínas do algodão da Phytoervas, o infantil neutro da Granado e o de oliva da L'Occitane. Sempre escolho aleatoriamente entre eles para que os fios não "se acostumem" aos produtos e tenham sempre aquele aspecto de lavados no salão.

O condicionamento também é feito de forma variada entre condicionadores e cremes de tratamento. Os produtos que uso são a máscara hidratante da Phytoervas, o condicionador extraperfume incenso e mirra da Eh Cosméticos, o condicionador e o creme de tratamento de oliva da L'Occitane.

Como uso secador todas as vezes que lavo os cabelos, uso fluidos protetores de calor e reparadores de pontas: o serum de oliva da L'Occitane se presta às duas funções e tem um cheiro que me agrada muito.

As tinturas e descolorantes que uso são da Alphaparf, pois eles não testam seus produtos em animais. Antigamente eu usava da Wella, que também nunca testou, mas aí, veio a globalização, a Wella foi comprada pela L'Oreal, (contundente torturadora), e eu deixei aqueles produtos de lado. Conheci então a Alphaparf e adorei a mudança.

Já que estarei no salão, aproveitarei para fazer manicure e pedicure e para isso, lá vai uma série de produtos para a minha frasqueira que faz o maior sucesso por onde passa! Hidratantes e ceras para as unhas e afins são todos da linha Pink da Granado. Claro que também levo os meus esmaltes e bases, pois não quero voltar do salão com fungos ou bactérias alheias e, menos ainda, pintar com esmalte colorama, fabricado pela Maybeline - torturadora.

Normalmente uso os esmaltes da Revlon, dos quais já tenho as cores que mais uso, (Totally Toffee; Love that Red; Plum Baby e Really Rose), mas a Risqué também tem esmaltes em tons lindos e sem sofrimento animal. Eu tenho e adoro o Capuccino.

O que quero dizer meninas, é que por mais que pareça difícil viver sem torturar inocentes, acreditem... isso é possível. Eu faço isso todos os dias. Conheço muitas pessoas que também o fazem e a grata surpresa? Elas são lindas e bem cuidadas. Usam produtos excelentes e que além de nutrir a beleza do corpo, alimentam o espírito, pois não há sensação melhor do que saber que você não contribui com a desgraça de animais subjugados exclusivamente para que mulheres fiquem bonitas.

Beleza e crueldade nunca combinaram e duvido muito que um dia falem a mesma lingua.

Pensem no que vocês usam... Escrevam a sua rotina de beleza e consultem as substituições necessárias para que sua lista nunca seja escrita em vermelho sangue!

Perdoem-me as inconscientes, mas beleza é fundamental. E tê-la às custas do sofrimento de animais é desnecessário, cruel e incompatível com o belo.

Tenham um bom fim de semana...

12 comentários:

  1. Ótimas dicas!
    Não sabia essa da Colorama...
    Quando crescer quero ser como vcs, rsrsrs
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Nossa, realmente nunca tinha parado pra pensar por esse lado.. e NUNCA tinha imaginado que produtos como esmaltes fossem testados em animais..
    vou rever minha necessaire e fazer de tudo pra ter apenas produtos que nao sejam testados em animais..
    Obrigada pelas diiicas querida!

    Um ótimo fds.
    Beijos

    http://dosaltoaoblush.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Obrigada pela conduta consciente Priz! Bjn...

    ResponderExcluir
  4. THATA: Pois é, querida. Temos que ter cuidado com tudo! Não há razão para usar colorama com tantos esmaltes lindos da Risqué, da Impala, da Revlon, que não contêm sofrimento animal na fórmula! Bjn...

    ESPECIALMENTE GASPAS: Difícil mas se observados esses detalhes, muito prazeroso, né? Bjn, querida...

    ResponderExcluir
  5. Entrou imediatamente na lista de meus favoritos!
    Também sou cruelty-free e vou começar a atentar para os produtos no salão...
    =D

    Como não vou muito a salão, não tenho muitas preocupações!
    Mas de resto, só cruelty-free!

    ResponderExcluir
  6. MARILIA: Arrasou, moça! Parabéns pela postura ética! bjn...

    JULIANA: Beijinho, querida...

    ResponderExcluir
  7. Eu só comprava Impala por causa disso. Não sabia que a Risque tb era do bem! Sexta tb fui ao salão dar uma aparada nas pontas e fiz as unhas tb, usei impala, mas é um fato que não faço idéia de qual foi o shampoo usado nas minhas madeixas. Como a Marília, tb não sou assídua em salões, era uma preocupação razoavelmente distante. Mas agora vc me fez querer mudar minha conduta qdo eu resolver me emperequetar. Nessa última visita ao cabelereiro ele veio me falar de tinturas, já que eu não tinjo os cabelos e me indicou a L'Oreal...ainda pensei: falo ou não falo os meus motivos para detestar a L'Oreal? Enfim...acabei por deixar no gelo e depois me senti culpada por perder uma chance de mostrar um novo caminho...O bom é que vc deu a deixa para um mundo sem cabelos brancos e sem crueldade com os animais. Vou usar!

    Valeu por mais essa...!

    ResponderExcluir
  8. O que não consigo entender é pq umas marcas conseguem fazer um produto que praticamente é o mesmo e não causa sofrimentos em animais e outras marcas não conseguem... ou será que não se esforçam? seria esse o termo adequado? É uma vergonha!!!
    Obrigada pelo post Jana!!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Ola lindas! Td em cima? Olha, graças ao seu blog, tomo mto mais cuidado ao comprar produtos. E sempre venho aki, no intuito de me informar, e mais uma vez me surpreendo: Uso a castanho escuro 3.0 da Koleston, alias, corrigindo: USAVA! Sabendo agora q a Loreal comprou a Wella, eh mais uma linha de produtos q eu vou excluir sem doh nem piedade da minha preteleirinha de cosmeticos lah em casa. Alias, descobri um shampoo maravilhoso da Granado q foi super bom pro meu cabelo! Em breve vou fazer uma resenha sobre ele lah no meu blog (www.garotascomtpm.blogspot.com). Estou inclusive, disseminando a ideia dos produtos Cruelty Free na minha familia, entre minhas amigas, enfim: fazendo minha parte. Detalhe: o pessoal q faz voluntariado comigo na Sociedade Protetora aki de Curitiba nunca tinha se dado conta desses produtos e dos abusos das empresas de cosmeticos, acreditam? Realmente eh algo pouco divulgado, q passa desapercebido pela maioria das pessoas. Por isso esse blog tem um papel tao importante! Continue sempre assim, trazendo coisas uteis e informaçoes relevantes pra gente, q quer ficar bonita, sem assassinar friamente nenhum ser inocente!
    Bjos a todas vcs, lindas e fofas, amantes dos animais!

    ResponderExcluir
  10. MARIANA: Eu entendo pq se esquivou de falar pro cabelereiro, querida! Às vezes tb tenho esse cansaço! Talvez o peso da idade, mas sim... temos que tentar sempre explicar essa crueldade para o maior número de pessoas, pois, de minha experiência posso dizer: 70% das vezes não adianta, mas 30% são formados por pessoas que mudam sua postura instantaneamente e só por isso já vale a pena! De qq forma, vc já faz tanto! Bjn... Ah... convite aceito...

    LULITAS: Exatamente, querida... nNao se esforçam. As alternativas aos testes com animais estão aí, ao alcance de todos! Não usa quem é cruel, quem não se importa, quem se julga superior a eles e quem julga seus consumidores pouco conscientes! Bjn...

    JESSY: Vc não sabe a alegria que me dá ler o teu comentário! Quando a Thata me deu essa coluninha aqui, (ops! quando ela me permitiu temporariamente escrever), eu fiquei bem apreensiva, pois esse assunto nnao é nada agradável e o Sem Firulas sempre foi um blog leve e gostoso de ler. Mas comentários como o teu me dão a certeza de que eu estou no caminho certo e, por mais que haja quem entorte o nariz para os meus posts e para o respeito que devemos ter com os animais, sementes germinadas estão por toda a parte! Muito obrigada pelo trabalho que vc vem fazendo e o imenso serviço prestado à causa animal. Visitarei teu blog assim que me desafogar por aqui com todo o prazer! Bjn...

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário e pela visita!

Se seu comentário for uma pergunta, pedimos que deixe um e-mail de contato, pois não conseguimos responder comentário anônimos!

Ju e Thata

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Sem firulas © Layout criado por: Algodão Doce Design
imagem-logo