Vou no casamento ou compro uma bicicleta?

Vejam a minha situação... e palpitem a vontade!

Há mais de um ano eu e o marido fomos convidados para sermos padrinhos de casamento do meu primo, que é praticamente meu irmão porque crescemos juntos, super apegados. Fiquei muito feliz com o convite. Pois bem...

“Havia um bebê no meio do caminho, no meio do caminho havia um bebê”

Data do casamento: 11 de Abril de 2010

Data prevista do nascimento: 25 de Março de 2010, podendo adiantar ou atrasar 2 semanas.

Ou eu vou estar explodindo, prestes a ter um bebê no altar, ou eu vou estar com um bebê de poucos dias no colo, cheia de pontos, inchada como um balão.

Quero muito falar com meu primo e explicar pra ele a situação, porque gente, vai que esse bebê resolve nascer na semana do casamento?!? Acho muito complicado sair com um bebê tão pequeno de casa, que tem pouca resistência, não tomou vacinas, essas coisas. Por outro lado, a mãe desse meu primo já me ligou dizendo que “você que não ouse não ir no casamento do meu filho, afinal quando seu tio se casou você foi no casamento dele com 5 dias de vida!”. Só pela afronta já não tenho vontade de ir, kkkk.

Sinceramente não sei o que eu faço. Gosto muuuuuuuito desse meu primo e da noiva dele, não queria decepcioná-los. O que vocês fariam nessa situação?

Caso Vou ao casamento ou compro uma bicicleta?

19 comentários:

  1. Ain que lindooo, nossa uma madrinha gravidnha!
    Adorei a ideia!

    Acho que vc não precisa se preocupar, vai dar tudooo certo, e o bebe nasce antes!

    bjokas*

    ResponderExcluir
  2. Primeiro de tudo, fale com o seu primo.
    Ja percebi que sua vontade nao e' das maiores de ir no casamento, mas tambem nao quer decepciona-los.
    Ele te entendera! Nao e' justo voce ser obrigada a ir e ele sabe disso. Portante, converse com ele para ver o que os dois acham o melhor.
    Sinceramente, ir nao e' uma otima ideia se voce nao se sentir bem fazendo isso! Mas vou insistir para que voce sente e converse com ele, explicando exatamente o que voce explicou aqui no seu blog! Quem sabe nao rola ate a ideia de mudar a data do casamento? Pode parecer uma ideia muito alta, mas nao impossivel.

    Beijinhos, gata!
    Sucesso!

    ResponderExcluir
  3. Sinceramente? Não se estresse com isso. Vc tem coisas mais importantes, pequenininhas e fofas pra se preocupar... hehehe

    Que tal esperar um dia após o outro? Vc não sabe como vai estar se sentindo, o que realmente vai acontecer...

    Não há problema nenhum em ser madrinha-gravidíssima-pronta-pra-dar-a-luz. A não ser que vc tenha alguma restrição médica (o que NÃO vai acontecer, se Deus quiser!). E se o baby já tiver dado o ar da graça, deixe pra ver como vc se sentirá na época.

    Qualquer pessoa com um pouco de bom senso sabe o quanto são complicadinhas as 1ªs semanas de adaptação com bebê novinho em casa. Óbvio que as pessoas vão entender.

    Um passo após o outro. Muita água rola por debaixo da ponte, como diz minha mãe. O momento agora é de curtir a gravidez! ;-) Beijos e MUITA saúde!

    ResponderExcluir
  4. Nããão gata, vaaaaai, tãão linda, com um barrigão no altar, agora se ja tives nascido vai ser um problema mesmo, boa sorte, beijos *-*

    wwww.palpiteira.com

    ResponderExcluir
  5. Opinião realista de mãe rss (tenho uma menininha de 3 anos hehe):

    Bom, se a DPP é 25 de março, não há possibilidade alguma de no dia 11 de abril você ainda estar grávida! O limite de 42 semanas será 8 de abril (março tem 31 dias), e além de tudo, considere que é muuuito difícil um médico deixar chegar até o final das 42 semanas, geralmente, passou de 40/41 semanas eles induzem o parto, ou fazem cesárea se for o caso. Ultrapassar 42 semanas então, não existe, mesmo!

    Então, o fato é: com certeza o bebê já estará em seus braços rs!

    E eu acho praticamente impossível levar um bebê de dias a um casamento...barulho, fumaça, aglomeração, e você estará provavelmente muito indisposta, inchada, dolorida (se tiver tido cesárea) e cansaaaada, com soooono....bom, quando nascer você vai entender o que estou falando rss....

    Bem vinda à dura (e maravilhosa) realidade das mamães hehehe!!!

    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  6. Oi Mamãe, nossa que dificil essa história, mais de experiência própia, eu tive meu baby na segunda, dia 25, e no sabado 30, eu estava recebendo as visitas indo até abrir o portão, aff porteira pq moro num sitio rsrsrs, mais acho que você não deve prometer nada porque você vai estar com o baby novinho, não dá para ir onde se tem tantas pessoas ainda mais com essa de gripe A, apesar que até lá já vai ter acabado essa coisa chata... mais enfim comente sua situação, e faça o que for melhor para vc e seu filho, porque a felicidade do casamento de seu primo não vai depender de vc estar lá ou não, e sim do carinho e bons desejos de felicidades que vc irá desejar mesmo que seja em pensamento, tá, super bj p vcs, aiai que lindo, Deus abençoe vcs, Josiane e Dioguinho.

    ResponderExcluir
  7. Eu sugiro parto normal! ^.^
    Bem melhor. Vc jah sai da sala de parto falando, andando, dançando, comendo o que quer.
    E se o casamento for depois disso, talvez vc não possa ir por não ter com quem deixar o bebê, mas não vai ser porque vc estará cheia de pontos e tal.

    ResponderExcluir
  8. Querida... PONTO 1: Onde vc foi ou deixou de ir aos 5 dias de vida era responsabilidade de sua mãe, e, em nada isso tem haver com a tua atuação como mãe. PONTO 2: O amor que vc sente pelo primo e noiva não se altera por vc não saber se poderá ou não ir ao casamento deles. É até provável que vc possa ir, mas madrinha, está claro que não pode ser. PONTO 3: O momento de falar é agora, pois eles terão tempo suficiente para se programar quanto à composição do altar. PONTO 4: Tua tia não foi muito feliz na colocação dela ou simplesmente não pensou antes de falar, o que indica que não foi muito feliz na colocação dela. (de novo). PONTO 5: Vc será mãe, e, logo, responsável pela vida, integridade física e conforto de um bebê recém-nascido. A vc cabe decidir se ele pode ou não sair de casa tão pequeno ouvindo o médico, o pai dele e mais ng. PONTO 6: Vc vai estar tão ocupada com ele e com vc mesma, que nem vai se lembrar do tal casamento, ou, lembrando, já não mais o considerará tão importante. PONTO 7: Vc terá mais de 7 pontos no corpo que falarão por vc! bjn...

    ResponderExcluir
  9. Compra uma bibicleta no casamento.

    ResponderExcluir
  10. Ta difícil opinar rs...
    Espero q ache uma solução
    Bjos

    ResponderExcluir
  11. Vou palpitar:
    Se o baby já tiver nascido, vá ao casamento e o deixe com alguém de muita confiança. Nada de expor o pequeno.
    É isso

    ResponderExcluir
  12. Para ser bem honesta, eu levei meu filho no niver de um ano do meu sobrinho e afiliado, quando ele tinha 4 dias.
    Eu e minha irma temos uma relação de cumplicidade total. Ela é um dos maiores amores da minha vida, e eu nao poderia deixar de ir no niver dele.
    Ja minha irma, casou dia 25 de maio de 2007, e seu filho nasceu dia 21 de maio de 2007.
    Ela tinha acabad de ter alta, a unica coisa ruim nisso tudo é que nos duas saimos super inchadas em todas as fotos.
    Mas pode ficar tranquila que nao tem problema algum, basta apenas ter bom senso.
    Espero ter ajudado, qualquer duvida me escreva.
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Oi Tha, melhor vc ligar e conversar com seu primo sobre a possibilidade do baby nascer pertinho da data, então melhor não arriscar te colocando no posto de madrinha.
    Outro fato é que se vc tiver toda inchada, como irá ?
    Melhor vc ver perto da data os acontecimentos e ver se dá pra ir ou não, mas não deixando de avisar ao seu primo.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  14. Conversa com ele. Final de gravidez, por mais que esteja tudo bem com vc e o bebê e vc não tenha restrições médicas, é extremamente desconfortável (bebê posicionado, peso da barriga, inchaço e xixi toda hora) imagina como vc vai ficar com aquele senta e levanta - claro que podem abrir uma exceção pra vc!

    O que quero dizer é que esse "amadrinhamento" está no coração (tenho afilhados de coração), ele vale muito mais do que sua presença no altar e a auserncia será por uma ótima causa.

    Ofereça o marido e ele pensa em outra prima ou uma amiga... Que tal?

    Já vi acontecer també,

    ResponderExcluir
  15. Olha, é uma decisão bem difícil! Quando eu estav grávida, fui em dois casamentos, sendo que um deles eu fui madrinha, mas nem era perto do nascimento do meu filho, então fui tranquila, no seu caso é complicado, se ele já tiver nascido, tranquilo, agora, aguentar de pé um casamento com barrigão, daí complica, né?

    Beijokas
    Ana
    calcinhafrufru.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. A com certeza voce deve ir!! Mesmo que o bb tenha nascido, uma hora de cerimonia não vai fazer nenhum mal pra ele não, se estiver prestes a ganhar tbm não, olha pra ELE (seu primo) é muito importante sua presença, sei que é seu primeiro filho, mas tem muitas coisas que fazemos ( ou deixamos de fazer) na primeira gravidez que depois sabemos que foi bobagem e que tudo dá certo qdo se tem boa vontade e boas intenções!!
    Sei disso pq tenho tres filhos e na primeira deixei de fazer tantas coisas, que hoje me arrependo!!

    bjus

    ResponderExcluir
  17. ola ainda estamos longe da data do casamento, então você poderia esperar alguns meses para decidir, se o bebê já tiver nascido (não estou torcendo para que seja prematuro não, mas estas coisas acontecem) e vc ja tiver se recuperado, contrate alguem para cuidar do seu bb por duas horas e vá rapidinho ao casamento, senão fique em casa, ele tem q entender!! pq afinal ele é o seu primo e quer o seu bem e mande a mãe dele para a ponte que partiu!

    ResponderExcluir
  18. A mãe do seu primo é muito sem noção!!!!
    Te digo por exp. própria, tenho uma filha que fez 3 meses dia 25/08, é impraticável e até perigoso uma aglomeração de pessoas perto de um baby de dias que chora (siiim, eles choram) toda hora para mamar. E no nosso corpo tem todo o lance dos hormônios, do cansaço e do inchaço que demora uns bons 15 dias para dar uma amenizada.
    No máximo assistir a cerimônia, se alguém de confiança ficar com o baby e vc não se importar em dar mamadeira para ele nesse período.
    Parabéns pelo baby e boa sorte!!!

    ResponderExcluir
  19. Concordo com o que falaram aí em cima,"Onde vc foi ou deixou de ir aos 5 dias de vida era responsabilidade de sua mãe, e, em nada isso tem haver com a tua atuação como mãe"! O único argumento não é válido! Pense em você, de que adianta ir e se sentir mal, cansada e tudo mais?

    Beijos!

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário e pela visita!

Se seu comentário for uma pergunta, pedimos que deixe um e-mail de contato, pois não conseguimos responder comentário anônimos!

Ju e Thata

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Sem firulas © Layout criado por: Algodão Doce Design
imagem-logo